Sobre o Druida Tool's Suite

Druida Tool’s Suite: A plataforma ideal para iniciantes em Arduino

Após mais de seis meses de desenvolvimento, foi anunciado hoje que a versão Alpha do Druida Tool’s Suite está pronta para se utilizada. Isso significa que em breve teremos disponível o link para o download do programa, mas afinal, quais seriam os interessados em iniciar o uso desse novo sistema? Na realidade, inicialmente a plataforma nasceu para possibilitar que indivíduos sem o mínimo de conhecimento em programação, conseguissem criar aplicações Windows, capazes de controlar dispositivos conectados ao Arduino. É notável, que esse aspecto foi perdendo status de protagonista ao longo do desenvolvimento do software, mas ele não foi abandonado.

Tela inicial do Druida Tool’s Suite

Assim que o programa é aberto, ele apresenta uma opção para que o usuário escolha o método de programação: “Simples” ou “Avançado”. O método “Simples”, se trata de uma porta de abertura, que permiti-rá ao usuário criar telas de comando, sem que exista o mínimo contato com linhas de código. É claro, que se torna impossível desenvolver um sistema autônomo, ou um processo automatizado, mas ainda assim as possibilidades tragas são imensas. Projetos como um sistema de monitoramento e controle de uma residência, ou o comando de um robô móvel através do teclado e até de um joystick conectados ao computador, se tornam possíveis, sem absolutamente nenhuma dor de cabeça com programação.

Interface de configuração do Druida Tool’s Suite

A interface do programa, é altamente amigável, possuindo uma pequena quantidade de ícones, com os quais é possível realizar uma imensa quantidade de ações. Para desenvolver um projeto funcional o usuário precisa seguir três passos simples:

  1. Configurar o Arduino: Na interface de configuração, o usuário seleciona o modelo da placa entre o ‘NANO’ ou o ‘UNO’, configura as portas do Arduino, e envia a configuração para a placa. Caso seja a primeira vez, o software irá realizar a atualização do firmware.
  2. Construção das interfaces de controle: Na janela de controle, o usuário pode criar várias telas, e posicionar vários componentes, vinculando-os as portas do Arduino, de forma fácil e simples.
  3. Conectar-se a placa: Por fim, através do botão “Conectar”, as interfaces passam a se comunicar com o Arduino. Os componentes criados já se tornam funcionais, podendo o usuário realizar acionamentos ou monitorar sinais através deles.
Interface de Edição do Druida Tool’s Suite no Modo Simples

Para um usuário iniciante, se deparar com uma plataforma que lhe dê tamanho poder criativo, antes mesmo de se deparar com o ‘monstro’ que talvez ele acredite ser a programação, acaba sendo um fator crucial para o seu aprendizado. Isso permitirá que ele possa entender melhor como funciona o hardware do Arduino, o que é possível fazer com suas portas digitais e analógicas, além de manter um contato inicial mais amigável, o que possivelmente o motivará a se aprofundar nesse universo.

Vídeo de demonstração do Druida Tool’s Suite no Modo Simples
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s